POR QUE É IMPORTANTE REDUZIR CUSTOS OPERACIONAIS EM LOGÍSTICA?

porque é importante reduzir custos operacionais em logística

Em cenários nos quais a economia apresenta sinais de instabilidade, além do alto grau de exigência dos clientes e um mercado cada vez mais competitivo, é essencial buscar formas de se destacar dos concorrentes. Para isso, vale a pena adotar estratégias que ajudem a reduzir os custos operacionais em logística.

Quer saber por que motivo você deve considerar essa opção? Neste post, vamos explicar melhor esses gastos, como eles podem ser diminuídos e a importância que a diminuição tem para os resultados de uma empresa. Confira!

Quais são os principais custos logísticos de uma empresa?

Antes de mais nada, é preciso saber com o que estamos lidando, ou seja, quais são os custos operacionais ligados às operações logísticas na empresa. Entre os principais, podemos citar:

  • gasto com combustíveis;
  • manutenções nos veículos (troca de óleo, reposição de pneus, consertos de peças e componentes, entre outros);
  • mão de obra;
  • investimento em tecnologia (em soluções como roteirização e rastreamento);
  • tributos incidentes sobre a empresa e o serviço de transporte (IRPJ, CSLL, PIS/PASEP, Cofins, ICMS, ISSQN).

Saber quais são e de onde eles vêm é essencial para tomar uma decisão mais acertada a respeito de quais mudanças promover, sem prejudicar a qualidade dos serviços oferecidos para os clientes.

Como eles podem ser reduzidos?

Existe uma série de medidas possíveis de serem adotadas para promover a diminuição dos custos de uma operação. Nos próximos tópicos, você conhecerá algumas dicas a respeito delas.

Faça um mapeamento dos processos

O mapeamento de processos consiste em um estudo a respeito da dinâmica dos fluxos de trabalho, compreendendo como acontece cada etapa dentro deles e como se chega aos resultados. Esse tipo de atividade ajuda a identificar falhas, tarefas desnecessárias (que não agregam valor ao serviço) e oportunidades de melhorias.

Com o aprimoramento dessas rotinas, é possível alcançar a redução de custos, que vem por meio de:

  • redução do índice de erros e necessidade de retrabalhos;
  • aumento da agilidade dos processos (com a eliminação de etapas desnecessárias);
  • ganho em produtividade das equipes.

Além disso, depois que o mapeamento é realizado, é possível apostar na padronização dos processos ligados a ele. Assim, evitam-se situações comuns nas quais cada colaborador executa uma tarefa da forma como acha melhor — uma das grandes causas da ineficiência.

Invista na melhoria do planejamento de rotas

Com a roteirização, torna-se possível criar trajetos mais inteligentes para os envios que precisam ser feitos. Ela considera diversas variáveis como a distância percorrida, as condições da via, o tipo de veículo utilizado, as restrições dos clientes, entre outras coisas.

Com esse planejamento, consegue-se evitar atrasos, reduzir os custos operacionais (principalmente o gasto com combustível), além de reduzir problemas com a ociosidade ou indisponibilidade da frota.

Acompanhe indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho são uma ferramenta de gestão fundamental para as empresas. Por meio deles, os gestores conseguem entender os resultados dos processos e identificar quais são as possíveis causas que prejudicam o alcance das metas.

Além disso, eles também ajudam a melhorar a tomada de decisão, que passa a ser feita com base em dados reais e confiáveis.

Entre os principais indicadores logísticos que podem ser acompanhados estão:

  • custo total por viagem;
  • custo por km rodado;
  • custo fixo por veículo;
  • custo com as manutenções de emergência (corretivas);
  • custo com a ociosidade dos veículos.

Ao conhecer melhor os vários aspectos ligados à uma operação, o gestor se sente mais seguro para fazer as mudanças necessárias, sem prejudicar outros fatores como a qualidade.

Faça um planejamento tributário

Essa medida depende da ajuda de um profissional da contabilidade e está diretamente ligada ao pagamento de impostos e à carga tributária que uma empresa enfrenta.

O contador vai saber informar, com base nas características da sua empresa, qual é o melhor regime de enquadramento para o seu negócio — pagando menos impostos — sem fugir da legislação.

Afinal, qual é a importância de diminuir os custos operacionais em logística?

A redução dos custos operacionais em logística permite melhorar a precificação dos seus serviços e negociar preços mais atraentes com os clientes. Se você consegue diminuir os gastos, pode aumentar o poder de negociação sem prejudicar a lucratividade do negócio.

Assim, sua empresa se torna mais competitiva e sai na frente dos concorrentes. Além disso, existem outras vantagens em se adotar medidas para reduzir alguns dispêndios. Entre elas:

  • tornar os processos mais enxutos e eficientes;
  • diminuir os desperdícios;
  • melhorar a saúde financeira.

Como você pôde ver, encontrar meios de diminuir os custos operacionais em logística é algo bem benéfico para os resultados da organização e vai além do aspecto financeiro. É uma estratégia que desencadeia uma série de melhorias nos processos e promove um desempenho otimizado.

Gostou deste artigo? O que acha de compartilhar suas experiências e opiniões sobre o assunto conosco? Aproveite os comentários e participe da conversa!